quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Vale a pena ler: Menina Má

Oi pessoal, hoje o post é uma indicação literária que foi uma das grandes surpresas do ano. Sempre que um mês se inicia elaboro uma maratona literária para não ficar muito tempo sem ler. Ela consiste basicamente em ler um livro por semana ou quantos forem possíveis assim que cada livro for sendo terminado. No mês de Agosto, por exemplo, entre os quatro livros lidos, um deles foi o Menina Má que foi publicado aqui no Brasil pela editora Darkside (inclusive é a minha editora preferida).
Escrito por William March e publicado em 1954, The Bad Seed (Menina Má) foi um livro que revolucionou a literatura da época justamente por abordar temas que até então não eram comentados de forma aberta como acontece no livro. O enredo basicamente vai contar a história de Rhoda Penmark, um garota de oito anos que aos olhos da sociedade que a cerca parece ser apenas uma doce menina cuja educação e independência são suas marcas registradas, e que deveria servir de exemplo para as demais crianças. No entanto, após a misteriosa morte de um colega de escola em um piquenique realizado pela Escola Primária Fern, Rhoda torna-se a principal suspeita principalmente para sua mãe, Christine. E vão ser ao longo das páginas que iremos acompanhar os pensamentos dúbios de Christine, que tenta a todo custo acreditar que sua pequena filha não teve relação alguma com o acidente, ao mesmo tempo que a vemos mergulhar de cabeça em perguntas que até então ela nunca tinha feito à si mesma.
William March não só conseguiu construir uma trama densa e cheia de reviravoltas, como também conseguiu abordar um tema que ainda hoje traz certo desconforto principalmente em adultos quando escutam o termo psicopatia infantil. Levando em consideração à época em que o livro foi lançado, Menina Má conseguiu chamar a atenção do grande público por nos fazer discutir sobre a origem da maldade no ser humano. Seria o mal algo que aflora por conta do meio em que estamos inseridos ou seria ele um gene herdado dos nossos pais, que nos condicionaria a praticar a maldade desde nossa infância? São essas questões que fazem o leitor adentrar cada vez mais na mente de Christine, que busca a todo momento encontrar respostas que justifiquem os atos de Rhoda.
As personalidades dos personagens também é algo que chama a atenção do leitor conforme vamos conhecendo mais da história. Por exemplo, Christine Penmark é uma mulher que se importa com as pessoas, mesmo tendo que lidar sozinha com os problemas que afloram na ausência do marido e que busca controlar a si mesma para não enlouquecer com a possibilidade de ter uma filha assassina. Ao passo que Rhoda Penmark, é uma garota indiferente para com todos que a cercam, mas que faz questão de desempenhar seu papel de boa menina para conseguir o que quer.
Além da temática principal, o autor fez questão de trazer outros assuntos até então pouco discutidos em meados da década de 1950, como o homossexualismo, o incesto e o estupro. Ressaltando que esses temas, mesmo que não tão presentes na obra, acrescentam uma tensão maior à história. O que acaba tornando o seu desenvolvimento muito mais denso. O suspense psicológico criado pelo autor conseguiu deixar-me, durante boa parte da leitura, bem apreensiva para saber o que aconteceria no final de tudo. E esse sentimento se manteve integro até as últimas páginas da obra, quando finalmente descobrimos qual o desfecho de Rhoda e Christine. E apesar de tê-lo achado um pouco previsível, não pude deixar de sentir que mais da história poderia ser contada. 
Menina Má é aquele tipo de literatura fictícia que tem traços de realidade, afinal de contas tudo que foi contado pelo autor pode de fato acontecer, e é voltado especialmente para aqueles que gostam de um bom suspense com uma dose de questões psicológicas.

Espero que tenham gostado da indicação. Caso já tenham lido esse livro me contem nos comentários o que acharam da obra literária e do filme baseado no mesmo. Beijos e até o próximo post.

59 comentários:

  1. Eu amei muito essa indicação. Tenho tentado sair um pouco da minha zona de conforto com romances e acho que esse seria um bom livro para mudar um pouco. A história me deixou nervosa/ansiosa só de ler a resenha, imagina lendo o livro?
    Psicopatia infantil me deixa bem tensa e imagino que o livro trate disso de uma forma interessante. Vou procurar pra ler, moça.
    Muito boa resenha.

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bianca. Fico muito feliz que você tenha ficado curiosa para ler o livro em questão. Posso garantir que a leitura irá te deixar nervosa/ansiosa pois foi assim que fiquei enquanto ia conhecendo mais da história escrita por William March.
      Bjs

      Excluir
  2. Amei sua indicação, esse livro deve ser bem interessante, Barb. <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado da indicação, Kaila.
      O livro é muito interessante sim.
      Bjs

      Excluir
  3. obrigada pelo comentário <3
    ainda não conhecia, mas fiquei super curiosa :D

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa parece ser ótimo.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?

    Eu adorei a dica, parece ser muito bom.

    www.robsonvascovith.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a dica! Segunda vez que ouço falar desse livro, já quero ler <3
    beijos http://fogelolla.wix.com/fuja-da-lolla

    ResponderExcluir
  7. Eu comprei esse livro na Amazon na semana passada, mas comprei tantos que acabei pegando O Mundo de Sofia para ler primeiro e agora, depois da sua resenha, já quero pular para ele hehehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o quanto antes, Carol.
      Tenho certeza que você vai achar a história interessante (apesar de perturbadora).
      Bjs

      Excluir
  8. nunca liii! vou botar na lista de livros pra lerr (meu deus, já tá enorme) hahahah!


    Abração
    www.lorereis.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo Lore hahaha
      Minha lista de leitura também tá enorme!
      Bjs

      Excluir
  9. Amei a resenha do livro e fiquei com vontade de ler, pois, o tema por ser considerado um pouco tabu, é o que reflete nossa realidade, infelizmente. =/
    Vou tentar baixar em PDF e assim que eu estiver de folga da faculdade, vou ler, sinto falta das maratonas que eu fazia em ler livro toda a semana.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leidiana, tudo bem?
      Que bom que você ficou interessada em ler esse livro. Espero que gostes da leitura.
      Bjs

      Excluir
  10. Só ouço falar bem desse livro! Estou muito curiosa para ler, mas agora terei que esperar outra super promoção para comprar, pois os livros da Darkside são bem caros, né? :/ De qualquer forma, está na minha listinha!

    Um beijo! ♥
    www.daniquedisse.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa nem me fale!
      A gente compra, mas é com aquele aperto no coração quando vê o preço hahaha
      Bjs

      Excluir
  11. Eita que parece interessantíssimo!
    Vou indicar para as amigas todas!!!
    gostei da resenha e acho que os trechos das fotos só serviram para confirmar cada palavra que você escreveu!
    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, muito obrigada Fê <3
      Espero que suas amigas gostem do livro!

      Excluir
  12. Quero!
    Adorei muito a indicação e já anotei aqui
    Um beijo!

    Les Jours de Marcela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da indicação!
      Bjs

      Excluir
  13. Amei a resenha, eu não conhecia esse livro e só pelo nome já me interessou bastante. Eu gosto muito de livros que não medem tema e ficam a frente do que as pessoas esperam.
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tay, fico muito feliz que você tenha gostado da indicação.
      Bjs

      Excluir
  14. Quando vi esse livro já imaginei que não seria o gênero de livro que eu gostaria de ler. Mas a sua resenha me fez interessar por ele. Realmente não poderia imaginar em algum tipo de psicopatia infantil.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Aline, fico muito feliz que a minha resenha tenha feito você ficar mais interessada no livro. Espero que leia e goste.
      Bjs

      Excluir
  15. Quero muito ler *o*
    Gostei a sua resenha me deixou com mais vontade ainda.
    Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Barb, eu tenho muita curiosidade a respeito desse livro. Tenho lido muita coisa bacana a respeito dele, e essa capa é sensacional, né??? Beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa capa é maravilhosa <3
      E sim, esse livro merece elogios com toda certeza!
      Bjs

      Excluir
  17. Eu vejo bastante a capa desse livro, mas acho que nunca tinha parado para ler a sinopse direitinho! Estou super ansiosa para ler agora! Adorei, Barb!

    =*
    Mani Piñeiro
    @Blog_ManiPineiro
    Snap: @manipineiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você ficou curiosa para ler o livro, Manu.
      Espero que gostes.
      Bjs

      Excluir
  18. Lendo sua resenha desse livro me fez lembrar de um filme que vi recentemente "Precisamos falar sobre Kevin" as questões dele com relação o mal praticado por uma criança é mesmo algo ainda tratado com tabu, afinal crianças são inocentes como poderiam elas serem maldosa? Isso seria culpa dos pais? Talvez, não sei, o que penso é que cada pessoa nasce com algo próprio e difícil de mudar: o caráter, e esse é um assunto tão complexo que me faz acreditar que o livro deve ser algo que nos prenda até a ultima página! Já quero ler.
    Amei a resenha, me deixou com uma baita curiosidade.

    Beijos
    Dani Cruz
    www.blogemcomum.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou louca pra assistir esse filme! Sério!
      É justamente isso que o livro faz com a gente. Nos deixa pensando sobre a origem da maldade e o que a faz florescer em determinadas pessoas.
      Fico feliz que você tenha gostado da resenha.
      Bjs

      Excluir
  19. Esse é o tipo de leitura que eu gosto!
    palomacassiano.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Waaaa que amorzinho *-*
    amei a resenha <3
    parabéns pelo blogger <3

    http://diariodelolivlet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá Bárbara!
    Esses dias ia comprar esse livro, estava no carrinho.. Aí fui finalizar e já tinha encerrado a promo.. Acabei não comprando, mas pretendo ler!

    Amei a resenha, fiquei ainda mais curiosa agora!
    Beijos e Bom finde!
    http://www.blahoestraich.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Blah.
      Fico triste por você não ter conseguido comprar o livro em questão, mas espero que consigas ler o quanto antes.
      Bjs

      Excluir
  22. Eu adoro esse gênero de livro e com certeza vou procurar pra ler!
    Um psicopata infantil? Quero! Haha apesar de parecer pesado, adoro imaginar as cenas e seus desfechos.
    Beijo

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você vai adorar o livro!
      Bjs

      Excluir
  23. Nossa, eu adoro suspense, gostei muito da indicação. Nunca tinha ouvido falar nesse livro <3


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn fico muito feliz em saber disso. Espero que possas ler o livro o quanto antes <3
      Bjs

      Excluir
  24. Adorei a indicação, eu lembro de ter visto o filme, mas acho que estou confundindo!
    Eu adoro livros desse gênero, com certeza vai para a minha lista de futuras leituras!

    Um beijo,
    Foca no Glitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado da indicação <3

      Excluir
  25. Eu conheci esse livro essa semana, e já fiquei muito interessada nele, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha e agora estou com mais vontade de ler.
    Uma vez eu vi um relato da vida real de criança que são psicopatas, então estranho saber que isso é uma realidade, mas infelizmente existem muitas crianças com esse transtorno. Achei que o tema do livro é uma verdadeira realidade e merece ser mais falado.
    Gostei muito da sua resenha, me fez querer desvendar todo esse mistério da história...
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, tudo bem?
      Obrigada por comentar aqui no post. E sim, psicopatia infantil é comum, apesar de ser pouco debatido hoje em dia. O livro é realmente interessante por conta disso. Nos faz pensar mais sobre isso.
      Bjs

      Excluir
  26. Adoreeei sua resenha a história parece bem interessante, adoro ler sobre temas como esse, beijoooos!

    http://realcedagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha :)

      Excluir
  27. Oiie.
    Gostei do seu post, porém, esse tipo de livro não é para mim!
    Amo a capa, mas sou do tipo que só lê romances... rs.
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br
    P.S.: Indiquei seu blog em um post no meu para o Prêmio Dardos ♥ Da uma olhadinha lá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Kethlyn :)
      Obrigada pela indicação <3

      Excluir
  28. Oi barbs!

    esse é um dos livros que tá na minha pasta de prints de leitura (sempre que vejo um livro que me interesso, tiro print da capa e deixo lá até comprar ou conseguir lê-lo de alguma forma HAHAH). Muito embora eu já tivesse o interesse, te confesso não saber que ela uma obra tão antiga. O mais engraçado é que a linguagem não parece ser difícil, daquelas que tu precisa tá com um aurélio do lado a cada dez palavras pra poder entender as coisas.

    Imagino o zumzumzum que o livro fez na época por tratar de tantos tabus. Se hoje ainda são temas tensos, magina em 50, gemt.

    Resenha super bem construída!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hellz.
      Eu fico feliz que você tenha gostado da resenha, e mais feliz ainda em saber que pretendes ler o livro. De fato, a linguagem utilizada pela autor não é tão rebuscada ao ponto de tornar a interpretação confusa ou até mesmo cansativa.
      Bjs

      Excluir
  29. Oi, Barb! =)
    Não conhecia esse livro e gostei muito da tua resenha. Deu até vontade de ler, juro. Principalmente por envolver suspense e questões psicológicas, como você disse. E essa capa já da um sustinho, hehehehe.

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, pelo comentário e volte sempre ♥